Dicas do que recomendamos monitorar em sua rede

Sem querer demostrar qual é a melhor ferramenta de monitoração, vamos dar algumas dicas de o que recomendamos monitorar ao instalar algum software de monitoração.

Antes de começar a monitorar sua rede de servidores, sabemos que alguns recursos são existente, ou seja todos os servidores tem o recursos abaixo disponível:

  • CPU
  • Memória
  • Disco(Armazenamento)
  • Largura de Banda

Tudo o que você precisa ter em mente é que estes recursos têm impacto direto no desempenho do sistema, e consequentemente na produtividade dos usuários.

Monitore o desempenho do sistema

Monitoramento de desempenho do sistema frequentemente é um processo repetitivo, sendo feito diversas vezes a fim de atingir o melhor desempenho do sistema. A principal razão disso é que os recursos do sistemas são relacionados, ou seja, a eleminiação do gargalo de um recursos frequentemente revela outro.

Podemos dizer que o monitoramento de desempenho é feito em três etapas:

  1. Monitorar para identificar a natureza do problema
  2. Os dados obtidos através  do monitoramento são analisados e é tomada uma sequência de ação.
  3. Monitorar para que o problema  de desempenho seja resolvido.

Monitore a Capacidade do Sistema

A monitoração de capacidade do sistema é um planejamento a longo prazo para perceber as mudanças na utilização do recursos, uma vez detectado essas mudanças o administrador consegue ter um plano em relação a compra de recursos adicionais.

Partindo destes principios vamos responder a próxima pergunta

O que monitorar?

Conforme dito, todos os recursos presentes em sistemas são energia da CPU, largura da banda, memória e Disco(Armazenamento). A primeira vista, pode parecer que o monitoramento consiste em avaliar esses quatro fatores.

Porém não é tão simples,Por exemplo: Um hd, quais as informações você gostaria de saber sobre o desempenho?

  • Quanto há de espaço em disco?
  • Operações de I/O
  • Quanto tempo leva para completar cada operação I/O?

Existe outras maneiras de estudar o desempenho do driver de disco, esses pontos apenas abrange de forma simplista. O conceito principal é ter em mente que há muitos tipos diferentes de dados para cada recurso.

Abaixo vamos listar em topicos e subtopicos algumas informações úteis para cada tipo de recurso.

  • Monitoramento de CPU

    • Sobrecarga CPU
    • Processos executáveis
    • Desempenho de CPU
  • Monitoração de Largura de Banda

    • Bytes recebidos/enviados
    • Contagem e taxa de interface
    • Perda de pacotes
    • Transferências por Segundo
  • Monitoração de memória

    • Page inst/page outs
    • Paginas ativa e inativa
    • Memória compartilhadas, Livre, buffer e Cache
    • Memória Swap
  • Monitoração de Disco

    • Espaço em disco
    • Acesso a leitura(reads) e escrita(writes) no disco
    • Transfêrencias por segundo.

Conclusão

O papel da monitoração tem função muito importante para os negócios das empresa, através de um sistema de monitoramento o administrador consegue agir de forma pontual, eficaz e evitando possiveis paradas que afetam o seu negócio.

Partindo deste principio de monitoração, o administrador da ferramenta ou a empresa pode expandir o escopo de o que monitorar, por exemplo: Cenário Web, maquina virtual JMX, status das portas do Switch, Roteadores e log do servidor,ambiente Vmware etc.

Tudo que é ligado a sistema é possivel monitorar, para aplicar esse tipo de monitoração o administrador deve perguntar: Como monitorar.

Esperamos que tenham gostado. Até breve Onx Solutions

Referência: O que monitorar

Etiquetas:

About: Bezaleel Ramos

Fundador da empresa Onx Solutions em Goiânia. Formado em Tecnologia em Redes de Computadores pela Universidade Nove de Julho em São Paulo. Possui certificações LPIC-1,LPIC-2, ZABBIX Certified Specialist,Novell Certified Linux Administrator (CLA) e Linux Administrator for SUSE Linux Enterprise.